segunda-feira, 16 de novembro de 2009

AO POETA-METÁFORA


Ao Ivan Silva--Diego El Khouri

Uma flor pequenina no meio do jardim
solitária se afasta de sua casa.
O vento branda nas encostas.
Montanhas erguem-se do campanário.

Parece que de detalhes vive
a poesia desse jovem rapaz.
Algoz e carrasco da linguagem
cria, recria novas palavras.

Um poeta de pele e mente sã
sabe que a Morte vem pra clarear
a fragilidade dessa vida vã.

Mas perdido em toda essa solitude
transportado em seus versos lindos...
Rei da Metáfora, envergonho-me do meu instinto suicida.

------------------------------------------------------
Ainda hei...

Ainda hei de agradecer na mais clara forma sem dilema
és escura como o espaço, uma estrela bem pequena
és a luz da claridão...um espaço feito a mão
num regaço de um poema.

3 comentários:

Karlinha disse...

Éh acho que o Doug não podia descrever melhor vc e sua poesia... nosso Rei da metáfora!

"Parece que de detalhes vive
a poesia desse jovem rapaz.
Algoz e carrasco da linguagem
cria, recria novas palavras."

simplesmente... perfeito!


*___*

Diego El Khouri disse...

Escrevi pois és o mestre das metáforas!

Sarah El Khouri disse...

Meu mano descreveu vc bem, a começar pelo título: "ao poeta metafora"