domingo, 15 de janeiro de 2012

O VIGÁRIO

(Por Ivan Silva)

Pap'A Vale chegou e viu
nos olhos cansados
o brio da sua imagem

E
nos ouvidos feridos
ausência de palavras brunidas,

Contando assim mil falácias.
Cheio de boas novas,
melhorias,
futuro e doce lar.

Empolgado! Com entusiasmo!
Convicção!

Para depois jogar no fogo
as pessoas e o carvão.

Um comentário:

Alexandre Mendes disse...

O eterno e emocionante final feliz...
FIM