quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Velho ditado contrário

Um dia me disseram pouca coisa
Pouca coisa mais, me disseram, também no outro dia.
Eu depois, menos ainda...
Mas dei de presente: Um gato pra cada um--pra que lhes vomitassem
todas as supérfluas línguas.

4 comentários:

Sarah El Khouri disse...

com diz meu mano: Vc é o mestre das metaforas.

Sir Vi disse...

Baudelaire puro! Mestre das metáforas²!

Karlinha disse...

Muito bom!

Fortíssimo... eu gosto!

^^

Bjo

Diego El Khouri disse...

Eu queria ser esse gato para q vomitassem sobre mim suas "supérfluas línguas" e findasse por fim a hipocrisia q tanto corroe nossos dias cinzas.