quarta-feira, 10 de agosto de 2011

SEMENTE ESTRELAR

(Por Diego El Khouri)


Somei à minha fome
a minha falta de estilo.
Viajo com os olhos abertos
a lugares incomuns.
E quanto mais o desejo aquece
e a semente estrelar fenece
numa paz branca de neve
vejo
como se tudo permanecesse vivo
e só eu Morto.

2 comentários:

Vi disse...

Aforismos introspectivos.

Alexandre Mendes disse...

Eu já fui uma semente estrelar.