quarta-feira, 27 de julho de 2011

OLHA QUE JÁ FOI DE PORCO

(Por Ivan Silva)

E quantas vezes a vida não se torna oculta com a receita do pão de cada dia (MCmerda lanche feliz... Novelas, onde o principe sempre pega a donzela... Programas ignorantizadores... Entreterimentos... Bundas que cagam em nossas cabeças sanitárias) na tela plana da TV; ou com as compras compulsivas (consumismo) na loja de roupas e sapatos, cuecas e calcinhas; ou com as igrejas que sempre são únicas de Deus e que salvam, né? Vamos rezar! Vamos pagar o dízimo! Vamos nos livrar do demônio! Vamos ajudar os pobres construindo nossas mansões divinas! Ficaremos bem com isso!--Esse é o Espírito da coisa...

2 comentários:

Vi disse...

No fim, a vida aqui só pode ser isso: Um fetichismo cego. O triste mesmo nessa realidade é saber que as coisas podem mudar e que as pessoas não querem.

Carpe diem!

Alexandre Mendes disse...

Também vejo as coisas dessa forma.